Categoria: dicas

Tradição mundial de fabricação de cerâmica e porcelana, a China influenciou ingleses, franceses e portugueses – famosos por suas porcelanas – com a qualidade técnica dos produtos.

A China produz cerâmica desde 0 III milênio a.C.! Toda essa influência deu início ao que chamamos no design de interiores de Chinoiserie.

chinaa

Segundo a Wikipedia :

Chinoiserie é uma palavra francesa que designa a imitação ou evocação dos estilos chineses na arte ou na arquitetura ocidentais. O termo é aplicado particularmente à arte do século XVIII, quando desenhos pseudochineses de inspiração fantástica e extravagante combinavam bem com o alegre estilo rococó que dominava na época.

Resumindo: Chinoiserie possui influência/inspiração chinesa, porém é de origem ocidental.

chinaa2

A porcelana azul e branca resistiu à passagem das décadas e ganhou status de item global. E há mil e um motivos pelos quais somos fãs convictos dela no décor. O principal é por que elas conseguem criar uma infinidade de atmosferas dentro de casa.

chinaa3 

Experimente colocar uma toalha colorida, pratos misturados predominando a cor azul, flores e potiches chinoiserie. Pronto, você tem um cenário mais aconchegante, caseiro e ainda sim sofisticado. O resultado é um mix and match irresistível.

chinaa1

Para arrematar, as porcelanas podem ser usadas da maneira que sua criatividade permitir dentro e fora de casa.

chinaa4

chinaa6
O contraste das cores das peças de porcelana azul e branca ao verde das plantas e aos tons das flores, resulta na perfeição.

chinaa8

chinaa9
Drible a seriedade da decoração com uma seleção afiada de chinoiserie.

chinaa7

chinaa5

Se a ideia é distribuir aconchego pela casa, a sala merece um tratamento especial. Afinal, é um espaço que precisa dar vontade de ficar. Para começar, aposte nas flores. Elas passam a sensação de que há vida no ambiente. Sofá gostoso e luz suave também são indispensáveis.

acon

acon1
Quem gosta de acolher os amigos em casa sabe que é nos detalhes que a gente mostra atenção e afeto. Um enfeite aqui e um arranjo ali espantam qualquer sensação de frieza.

acon3

 

Pretende passar um filminho? Uma manta pode ficar a postos no sofá. 

acon4
O calor do fogo, os encontros em volta da mesa são sempre especiais. A cozinha já é um ambiente propício ao aconchego, mas pode ficar ainda melhor.

acon6

Uma simples sopa vira uma coisa divina se for acompanhada de uma toalha linda. Esses elementos produzem um cenário familiar.

acon7

Uma sala com lareira traz bons segredos. O fogo tem a função de relaxar, além de aquecer. Observar as chamas nos deixa apaziguados.

acon8

Elemento com história também é uma boa saída. Resgatar memórias traz afetividade.

acon9
Chegamos aos templos de bem-estar da casa – o banheiro e o quarto, é onde você revigora as energias. Motivo suficiente para caprichar no aconchego.

acon10

Complete o cenário com um tapete quentinho, velas e plantas.

acon13

No quarto, o enxoval dá o tom do conforto: Use lençóis gostosos, que deem vontade de pular na cama. 

acon11

acon12

Quando se vive em um país solar como o Brasil, apostar em ambientes leves e brancos é a estratégia mais comum para a casa. Entretanto, optar por paredes escuras é uma forma de alcançar elegância e conforto inigualáveis. 

escura

Uma das vantagens de vestir um ambiente com tons escuros é a sensação de aconchego que eles trazem.
Enquanto um lado da sala de estar ganha uma tinta escura, o outro, branco, traz equilíbrio para o ambiente e evita que o local fique exagerado.

escura1
O tom esverdeado das paredes, que poderia tornar o local escuro, foi eleito para ressaltar os móveis e objetos decorativos cuidadosamente escolhidos em dourado. Caso tivessem optado pelo branco, a beleza de tais peças poderia passar despercebida.

escura5
O medo de se criar um mood sombrio demais é expulso definitivamente graças a colcha branca.

escura8

Vale ressaltar que tudo fica ainda mais agradável graças à grande quantidade de luz natural que entra pela janela, sempre.

escura2

escura9.

escura3

escura4

Ou seja: dar um toque dark em estéticas normalmente leves é uma estratégia inesperada e cheia de personalidade.

escura6

escura7

Uma casa não precisa ser minimalista, clássica ou moderna. Ela pode ser uma fusão de tudo isso. Até porque, muitas vezes, nem todas as peças que gostamos e já temos são perfeitamente coordenadas. Combinar elementos muito diferentes, no entanto, pode parecer difícil para alguns – o medo é que vire uma bagunça. Mas com bom senso e olhar apurado tudo passa a fazer sentido.

mistura

mistura1
A grande sacada é misturar os estilos através dos móveis e épocas.

mistura3
Liberdade para assumir paixões, para juntar elementos que parecem não combinar ao primeiro olhar. Não temos regras ou obrigações na decoração. 

mistura4

mistura2

mistura7
Criativa, ousada e diferente, ela transmite diversas sensações em um único ambiente.
Além disso, para quem mora com outras pessoas, a mistura de estilos é uma forma de representar todos os moradores da casa na decoração.

mistura8

mistura5
E mesmo para quem mora sozinho, a mistura transmite todos os lados de sua personalidade e seus interesses diversos.
De qualquer forma, garante personalidade, toques únicos e com a sua cara.

mistura10

mistura12

mistura11

Em uma sala de jantar, lugar de importantes encontros depois de um longo dia — ou até mesmo palco de uma refeição silenciosa e concentrada — Você vai ver que, seguindo meu olhar, tudo é possível no quesito decoração.

dap

dap2
A madeira é um ótimo material para a sala de jantar também. Como é um elemento repleto de memórias de aconchego, sua presença transforma aquele espaço que poderia ser facilmente considerado frio em um lugar em que adoraríamos estar neste exato momento.

dap1

Vale lembrar que a mesa redonda também faz toda a diferença para que o ambiente tenha cara de casa de verdade: com elas, todos podem ficar próximos durante um dos momentos mais importantes do dia.

dap8
A escolha da mesa é que define todo o espaço da sua sala de jantar, afinal a decoração pode não contar com muitos móveis, apenas a mesa, algumas cadeiras e um móvel de apoio, como um aparador.

dap3

dap4

E sendo a mesa o maior móvel da sala, na maioria das vezes, é preciso saber bem como escolher o modelo certo para não acabar com as áreas de circulação.

dap5

dap7

Entre a mesa da sala de jantar e os outros móveis ou paredes é preciso deixar uma área mínima de passagem, suficiente para que quando as cadeiras estejam sendo ocupadas e afastadas da mesa ainda sobre espaço para passagem.

dap6

Essa área é no mínimo 90 cm, mas o ideal é que seja de pelo menos 120 cm á 150 cm para manter uma área de circulação livre, principalmente se houver algum balcão que precise de espaço para que as portas sejam abertas.
Já as mesas retangulares que são indicadas para salas estreitas, acompanhando o formato da própria sala.

dap10

Quando o espaço é restrito é possível criar móveis sob medida, levando em conta que cada pessoa ocupa entre 70 cm a 100 cm de espaço na mesa.
Salas maiores permitem cadeiras com braços ou poltronas confortáveis.
As cores claras favorecem a sensação de amplitude, aumentam a luminosidade do ambiente e  podem ser combinadas com uma decoração colorida.

dap9

dap11