Categoria: Quarto de casal

Decorar um quarto de casal pode, a primeira vista, parecer muito simples, afinal as opções são muitas, mas quando se inicia o projeto, algumas questões vem a tona, afinal é preciso conciliar os desejos e as vontades de duas pessoas que vão dormir e passar boa parte do tempo por ali. Afim de evitar brigas e desentendimentos, vejam algumas dicas importantes de como decora-lo com bom gosto e funcionalidade desde a escolha dos móveis até seus detalhes.

Os armários podem até não ter uma divisão igualitária, mas é bom que seja combinado. De qualquer forma ele é parte importante do quarto, mesmo que o móvel não tenha sido feito sob medida, é importante que ele tenha espaço suficiente para abrigar roupas de ambos sem amassá-las.

room1

A cama deve ser escolhida em concordância com ambos, e deve ser, o móvel mais importante. Quartos menores podem se beneficiar dos modelos de cama box, que dispensam muita vezes o uso de cabeceiras que ocupam espaço. E se te preocupa a falta da cabeceira, a imagem abaixo é uma boa ideia, colocar um biombo no lugar dela.

room9

A circulação do quarto deve ser levada em conta na hora de escolher o tamanho da cama, de nada adianta comprar uma cama king size que parece confortável na loja, mas que dentro do seu quarto vai causar mais problemas do que ajudar.

room3

room5

Outra coisa é que deve ser levada em consideração é a mesa de cabeceira, o móvel pode parecer apenas um acessório sem importância, mas aqui, cada pessoa ter o seu próprio espaço é fundamental. Mesmo que os móveis não tenham gaveta, essas peças podem abrigar água, remédios, por exemplo. Vale ter uma iluminação mais adequada e individual para leituras, além de abrigar livros e objetos pessoais de cada um.

room4

room6

Colchas e almofadas devem ser pensadas como parte da decoração, combinando e conversando com as cores e com o restante, mas não se esqueça de levar em consideração também o conforto. Cortinas e tapetes também fazem parte do estilo mas tem a sua funcionalidade, uma escurece o quarto garantindo horas extras de sono pela manhã, enquanto outro não deixa que o chão frio aborreça os moradores.

room7

room8

Se o espaço permitir, um banco sempre é bem vindo. Une organização, estética e funcionalidade.

room2

room

Para mais inspirações e dicas, me sigam no Instagram como @kikajunq

O quarto de casal, por ser compartilhado por duas pessoas, é importante ter um equilíbrio na hora de decorar.

Começando com a cama, que é o foco central do quarto por ser a peça mais importante do ambiente.

Quase todos nós sonhamos com uma cama King Size, não é? Mas às vezes ela não é a melhor opção, caso seu quarto seja pequeno, ela pode ocupar o quarto todo. Por isso, ela deve ser a primeira a ser escolhida e é em torno dela que vamos dispor o restante dos móveis.

quartos

Quartos pequenos são favorecidos por camas e cabeceiras baixas, que dão a impressão de um espaço mais amplo. Quartos maiores, camas e cabeceiras mais altas são as indicadas.

Nem todas as camas necessitam de uma cabeceira. É possível utilizar papel de parede, tinta, quadros e até tapetes no lugar dela.

quartos5

quartos2

Enquanto a importância da cama é revelada em termos estéticos e de espaço, a do colchão vai determinar noites tranquilas e de descanso. O colchão do quarto de casal terá sobre ele o peso de duas pessoas, durante muitas noites. Por isso, é preciso investir na compra de um BOM colchão. Fique atento!

quartos1

Criado Mudo/Mesa de cabeceira

Hoje em dia, os criados mudos não precisam mais ser idênticos. Iguais ou não, o importante é que o modelo escolhido acomode bem abatjours, livros, despertadores, celulares, óculos, copos de água e o que mais for importante para vocês.

quartos3

quartos6

Os armários ganham pontos em termos de aproveitamento de espaço, organização e funcionalidade. Os móveis de gaveta mais apropriados para o quarto de casal são as cômodas por serem mais baixas e largas.

Um baú aos pés da cama ou pufe é outra peça a se considerar, se houver espaço ou em substituição aos móveis mais clássicos. Para quartos menores, um cabideiro de pé ou cabide de parede ocupa pouco espaço e acomoda apropriadamente as roupas usadas durante o dia.

quartos4

Para a cor, o branco total nas paredes e na colcha não é a única opção. Cor é energia, a falta dela pode caracterizar um estado de falta de vigor e monotonia.

quartos7

quartos9

Um dos elementos mais importantes em todos os ambientes é a iluminação, e aqui ela pode ser sempre suave e agradável.

Uma luminária no teto é pratica e indispensável, porém, como a posição mais usual no quarto é deitado, devemos ver como se comportam as lâmpadas nesta luminária para não causar ofuscamento.

Os abatjours podem tornar este espaço mais acolhedor. Os interruptores devem ser fáceis de operar, devem estar ao alcance das mãos, mesmo quando o casal já está deitado. Praticidade sempre.

As paredes podem receber detalhes muito charmosos e afetuosos.

Há a possibilidade também de utilizar as paredes para colocar prateleiras ou uma estante até ao teto para guardar livros e outros objetos. Um espelho também pode fazer com o quarto pareça maior.

quartos8

Um quarto confortável e bonito é o que todos esperam depois de um dia de trabalho ou no fim de semana, quando o destino é o relaxamento.

sono1

Sejam ambientes urbanos, rústicos ou minimalistas, há opções para todos os gostos. Escolha seu favorito e transforme o quarto no ambiente mais aconchegante da casa. Dê uma olhada nas fotos a seguir e inspire-se!

sono

sono2

sono4

sono5

sono6

sono8

sono9

A vida a dois começa, como já diz a expressão popular, quando se juntam as escovas de dentes. Tudo o que era singular passa a ser conjugado como “nosso” e na hora de decorar o nosso quarto, muitos desafios podem surgir. Se você está se preparando para decorar seu novo quarto de casal, não se assuste se o quarto for pequenininho. Dá para fazer um ambiente super aconchegante e funcional com um pouco de jeitinho e planejamento!

1. COMECE PELA CAMA

Dormir bem é fundamental para saúde e o investimento em uma nova cama pode ser pesado, principalmente se você se arrepender. Por isso, comece seu planejamento acomodando primeiro a cama.

Confira as metragens do quarto e veja qual cama é suficientemente confortável para vocês dois. Se seu quarto for muito pequeno, encostar a cama na parede pode ser uma boa solução.

dois7

2. EXPLORE O ESPAÇO “MORTO” DA CAMA

Cama é só para dormir? De jeito nenhum! Se você tem um quarto pequeno você não pode se dar ao luxo de dispensar um centímetro cúbico sequer. Algumas camas box já vêm com espaço interno com um acesso basculante , mas o preço pode ser um pouco salgado.

Se você estiver procurando alguma opção mais barata, utilize baús ao pé da cama, assim você pode guardar toalhas, cobertores que não estão sendo utilizados, toalhas e o que mais achar interessante. Existem alguns pufes que também abrem e exercem a mesma função.

dois9

3. ABUSE DE CORES LEVES NO AMBIENTE

Cores claras possuem a propriedade física de refletir luz, enquanto que cores escuras absorvem a mesma. Ao refletir a luz, tem-se a sensação de que o ambiente é maior e mais espaçoso, um recurso indispensável para pequenos ambientes. Para quem tem medo de arriscar, tons pasteis combinados a cores claras e com pouca saturação são o porto-seguro.

dois8

Mas se você gosta de um ambiente mais vivo e colorido, escolha um ponto do seu quarto para concentrar essa energia: ou uma das paredes, armário, cama, colcha e almofadas. Ao escolher um único foco e cores claras no entorno, você valoriza a energia que você quer para seu quarto sem sobrecarregar o ambiente.

dois3

4. PRIORIZE A SIMPLICIDADE

Muitos ambientes podem ser decorados com móveis e outros objetos repletos de adornos mesmo em espaços pequenos, porém muito cuidado pois é fácil pecar pelo excesso. Na dúvida, opte pela simplicidade, sempre. Além de dar menos trabalho de manutenção, ou seja, de limpar – objetos com menos detalhes criam um ritmo visual mais calmo e neutro.

dois4

Se você não abre mão de um estilo mais romântico, uma boa dica é escolher apenas alguns objetos para caprichar no detalhe: ou um espelho bacanudo, colcha com babados, ou mesmo um abajur com muito estilo. Acredite, em um quarto pequeno, menos é mais.

dois1

5. EXPLORE A “ILUSÃO DE CONTINUIDADE”

Esta dica é preciosa e não é em qualquer lugar que você a encontra. Este truque consiste em “fundir” a parede com algum elemento do quarto, como a cama por exemplo. Ao escolher uma cor ou textura para a parede no mesmo tom ou com grafismo semelhante ao objeto que está disposto diante dela, você cria uma ilusão ótica que dá maior profundidade para a parede. É como se o cérebro perdesse o referencial do que é chão e o que é parede, alongando a perspectiva.

dois6

6. DÊ PREFERÊNCIA A UM ARMÁRIO “INVISÍVEL”

O armário, assim como a cama, ocupa um grande espaço no seu quarto, mas tem a vantagem de ser um móvel vertical. Aproveite essa característica e invista em portas inteiras, em cores claras e sem gavetas aparentes – principalmente se organização não for seu forte.

7. ESCOLHA LUMINÁRIAS ALTAS E DELICADAS

Se você gosta de luminárias mais rebuscadas e baixas, tente fazer com que ela seja o foco de atenção do seu quarto e, então, abuse das cores leves e elementos neutros no restante do quarto. Mas se você não faz questão de uma luminária especial, procure opções mais simples e que fiquem mais próximas do teto. Um artifício legal é usar luminárias ou abajures alongados nos cantos. Ao colocar linhas verticais, você cria um ritmo visual que aumenta a sensação de espaço e conforto.

dois5

8. MESINHAS DE CABECEIRA MULTIFUNCIONAIS

Se você ainda tem um precioso espacinho entre a cama e as paredes, invista em uma mesinha de cabeceira funcional e linda. Seja para deixar um livro, um remédio, ou o celular carregando, ela é uma peça difícil de se abrir mão. Dependendo do espaço que você tem, você pode aproveitar para fazer prateleiras, gaveteiros e até mesmo uma pequena bancada de trabalho no lugar dela.

dois2

9. USE ESPELHOS COM SABEDORIA

 
Espelhos são muito bem vindos se posicionados opostos a uma fonte de luz, como uma janela, por exemplo. Ao fazer isso, você “duplica” a luminosidade, deixando o ambiente ainda mais amplo. Mas não se esqueça que o oposto também é verdadeiro. Se você colocar o espelho na parede oposta a uma estante de livros, ou de algum canto do quarto que pode acumular “bagunça”, pense que você terá a sensação de ter o dobro de confusão. Então, ao escolher espelhos para ampliar seu ambiente, tenha certeza que é para multiplicar os pontos fortes do seu quarto.

dois

 

A vida a dois começa, como já diz a expressão popular, quando se juntam as escovas de dentes. Tudo o que era singular passa a ser conjugado como “nosso” e na hora de decorar o quarto do casal, muitos desafios podem surgir. Se você está se preparando para decorar seu novo quarto de casal, não se assuste se o quarto for pequenininho! Dá para fazer um ambiente super aconchegante e funcional com um pouco de jeitinho e planejamento!
1. Comece pela cama!
Dormir bem é fundamental para saúde e o investimento em uma nova cama pode ser pesado, principalmente se você se arrepender. Por isso, comece seu planejamento acomodando primeiro a cama.
Confira as metragens do ambiente, e veja qual cama é suficientemente confortável para vocês dois. Não tenha medo de abrir mão de um dos lados da cama! Se seu quarto for muito pequenininho, encostar a cama na parede pode ser uma boa solução.
quarto7
2. Explore o espaço “morto” da cama
Cama é só para dormir? De jeito nenhum! Se você tem um quarto pequeno você não pode se dar ao luxo de dispensar um centímetro cúbico sequer.  Algumas camas box já vêm com espaço interno com um acesso basculante , mas o preço pode ser um pouco salgado.
Se você estiver procurando alguma opção mais em conta, utilize caixas organizadoras e outras soluções criativas para usar o espaço debaixo da cama. Guarde nesses espaços peças como jogos de toalhas, lençóis, edredons.
quarto4
3. Abuse de cores leves no ambiente
Cores claras possuem a propriedade física de refletir luz, enquanto que cores escuras absorvem a mesma. Ao refletir a luz, tem-se a sensação de que o ambiente é maior e mais espaçoso, um recurso indispensável para pequenos ambientes. Para quem tem medo de arriscar, tons pasteis combinados a cores claras e com pouca saturação são o porto-seguro.
Mas se você gosta de um ambiente mais vivo e colorido, escolha um ponto do seu quarto para concentrar essa energia: ou uma das paredes; ou o armário; ou a cama, por exemplo.  Ao escolher um único foco e cores claras no entorno, você valoriza a energia que você quer para seu quarto sem sobrecarregar o ambiente.
quarto6
4. Priorize a simplicidade
Muitos ambientes podem ser decorados com móveis e outros objetos, porém muito cuidado pois é fácil pecar pelo excesso. Na dúvida, opte pela simplicidade! Além de dar menos trabalho de manutenção (limpeza), objetos com menos detalhes criam um ritmo visual mais calmo e neutro.
Se você não abre mão de um estilo mais romântico, uma boa dica é escolher apenas alguns objetos para caprichar no detalhe: ou um espelho trabalhado, ou uma colcha espalhafatosa,  ou então um abajur com muito estilo. Acredite, em um ambiente menor, menos é mais!
quarto1
5. Explore a “ilusão de continuidade”
Esta dica é preciosa e não é em qualquer lugar que você a encontra. Este truque consiste em “fundir” a parede com algum elemento do quarto, como a cama por exemplo. Ao escolher uma cor ou textura para a parede no mesmo tom ou com grafismo semelhante ao objeto que está disposto diante dela, você cria uma ilusão ótica que dá maior profundidade para a parede. É como se o cérebro perdesse o referencial do que é chão e o que é parede, alongando a perspectiva.
quarto9
6. Dê preferência a um armário “invisível”
O armário, assim como a cama, ocupa um grande espaço no seu quarto, mas tem a vantagem de ser um móvel vertical. Aproveite essa característica e invista em um de portas inteiras, em cores claras e sem gavetas aparentes (principalmente se organização não for seu forte), você pode optar até por ter portas inteiras com espelho. Desta forma, você vai manter seu quarto sempre em ordem (mesmo que dentro dele esteja uma zona.) e ele  “desaparece” na parede.
quarto8
7. Escolha luminárias altas e delicadas
Se você gosta de luminárias mais rebuscadas e baixas (pendentes), tente fazer com que ela seja o foco de atenção do seu quarto e, então, abuse das cores leves e elementos neutros no restante do quarto. Mas se você não faz questão de uma luminária especial, procure opções mais simples  e que fiquem mais próximas do teto. Um artifício legal é usar luminárias ou abajures alongados nos cantos.. Ao colocar linhas verticais, você cria um ritmo visual que aumenta a sensação de espaço e conforto.
quarto5
8. Tenha mesa de canto multifuncional
Se você ainda tem um (precioso) espacinho entre a cama e as paredes, invista em uma mesa lateral funcional. Seja para deixar um livro, um remédio, ou o celular carregando, ela é uma peça difícil de se abrir mão. Dependendo do espaço que você tem disponível, você pode aproveitar para fazer prateleiras, gaveteiros e até mesmo uma pequena bancada de trabalho.
Bons sonhos!
quarto2